segunda-feira, 1 de junho de 2009

Terminei esse...e já comecei outro.


"Quando irmãos gêmeos estão no útero e um deles nasce - Sara lembrava-se de ter escutado essa história certa vez -, o gêmeo que fica para trás assiste ao desaparecimento de se único companheiro e sente uma agonia quase insuportável de tão devastadora. Só depois de alguns minutos é que ele vai entender que o irmão não morreu, muito pelo contrário, que o amigo desaparecido está bem mais perto do que ele pode supor. Isso, de acordo com a história que Sara ouvira, é também o que acontece na morte de verdade e no mundo que virá. O fato de vermos as pessoas desaparecerem não quer dizer que elas tenham sumido de fato. Elas estão mais perto do que podemos imaginar".

Apesar da autora "viajar" muito, é um livro que se quer ler até o final.
Quer saber qual comecei a ler? Olhe ali, do lado direito.
Estou gostando demais desse!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

É sempre muito bom receber sua visita.
Se quiser deixar um recadinho, ficarei feliz.
Volte outras vezes.
Beijo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...