terça-feira, 27 de abril de 2010

Post sem título...ainda!



♥♥♥ Antes de qualquer coisa, quero deixar bem claro, claríssimo, que o que vou dizer não se trata, definitivamente de preconceito, de querer diminuir o valor de uma classe trabalhadora que merece todo respeito. Mas é que a relação empregada/patroa é mais ou menos como a de marido/mulher: difícil...Cada um tendo que ceder um pouco, não é mesmo?
Eu não sei quantos vezes já me "divorciei" nesse sentido!!! :)

Semana passada mais uma vez fiquei sem secretária do lar ou empregada doméstica.
A gente quer ser educada, delicada, mas pra certas pessoas não tem jeito. Infelizmente! Mais uma vez fiquei com todo o serviço da casa nas minhas mãos.Por que será que homens, em geral, pensam que mulheres nascem pra servir? Aqui em casa eu até tenho uma ajudazinha do filho e do marido, mas sabe como é, se quisermos tudo bem certinho temos que botar a mão na massa, porque eles ajudam, mas são como a maioria das empregadas domésticas ( claro que existem as profissionais de verdade! ): deixam tudo pelas metades! Não é assim com vocês, não?
Pensando nisso, decidi fazer um post que não vai ter fim tão cedo, se vocês estiverem dispostas a colaborar. :)
Queria que vocês deixassem dicas de como facilitar o trabalho doméstico e as vantagens e as desvantagens de se ter uma empregada.
Pretendo com isso, que esse post seja uma brincadeira onde vamos poder aprender as dicas umas com as outras ( ou, uns com os outros) ao mesmo tempo que nos divertimos com as vantagens e desvantagens de se ter uma empregada doméstica.Nada de seriedade, tudo na base do humor.
E aqui eu começo:
Dica:
Faça assim como eu fiz: escreva no armário, na geladeira ou no quadro da cozinha uma aviso assim como esse aí de cima. Escrevi com caneta hidrográfica no armário bem em cima da pia!! Se funcionar eu digo a vocês! :)

O filtro, porque eu sou das antigas, gosto de barro. Coloco o garrafão de água em cima dele. Como ele está bem velhinho e sem gracinha, coloquei esses decalques porque lembrei do filtro de barro de minha vó, que era de latão em cima e barro embaixo e em cima tinha um decalcão lindo!!!

Porque ter uma empregada doméstica:
1.Você pode ter sempre as unhas bem feitinhas.
2.Quando você sai de casa pra algum compromisso pela manhã, não precisa ficar suando frio por saber que AINDA tem que chegar em casa e fazer o almoço.
3.O café está sempre prontinho quando você acorda. Tá, tem a cafeteira, mas eu gosto mesmo é de café coado no coador de pano. Sou antiga...
4.As mãos não ficam cheirando a água sanitária.


Porque não ter:
1. Seus perfumes, até os franceses, não são usados pra perfumar a casa e você crente que é um ótimo desinfetante. Levei tempo pra descobrir isso até dar por falta de um vidro de CK do meu filho!
2. Sobra dinheiro pros batons e esmaltes e cremes e calcinhas e sutiãs.
3. Você não come a mesma comida quase todo dia por falta de imaginação delas.
4. Você pode exercitar seus dotes culinários e inventar e aproveitar as sobras, coisa que elas, não sei porque, acham que é coisa de pobre, segundo a minha última me disse.
5. Não preciso ter horário certinho pra acordar pra abrir o portão.
6. Não tenho gente me espionando e ouvindo atrás das portas.

Volto a dizer: não tenho preconceito algum, de espécie alguma, contra ninguém!!!
Mas a última empregada me decepcionou e me enganou demasiadamente e uma forma de não ficar remoendo isso e me fazendo mal, foi escrever.
Conto com vocês pras dicas e vantagens e desvantagens, ok? Beijos!
♥♥♥

6 comentários:

  1. Olá!
    Não fique triste sem a sua ajudante! Você irá arranjar outra que lhe agrade e não a decepcione!
    Agora eu estou aposentada, mas quando trabalhava tinha uma empregada que chegava a vir duas vezes por semana e depois só uma vez. Tive-a durante vinte e tal anos, até a senhora ficar velhota e se aposentar.
    Depois custou a encontrar outra, mas ficou algum tempo.
    Depois adoeci ( cancro da mama, com radio e quimioterapia e tudo o que isso pesa ). Só nessa altura precisei de ajudante e encontrei.
    Depois melhorei e já não fui mais trabalhar, aposentei-me. Estive muito tempo a fazer tudo sozinha, já não tinha os filhos em casa, só o marido. Organizei-me! E o tempo dava para tratar da casa, cozinhar, receber os filhos ao fim de semana, passear e fazer os meus tricôs e crochés!
    O marido, também aposentado, ajuda a pôr e levantar a mesa, enxuga e arruma a louça que eu lavo ( ele lava quando adoeço... raras vezes! ).
    Como a idade pesa... procurei há mais de 1 ano uma ajudante que só pode vir meio dia por semana, das 9 às 13h, não almoça aqui e deixa bem tudo o que faz. Enquanto cá está eu também ajudo, mas a mocinha é um amor!
    Conselhos? Não sei os que posso dar!
    Só digo:
    não trago unhas compridas, porque toco piano; não vou ao cabeleireiro, porque as minhas filhas sabem cortar o meu cabelo e eu não o pinto; não gosto de sair de casa... só o necessário, para ir à piscina, para visitar os netos e os amigos, para viajar; não desarrumo nem sujo e não deixo desarrumar nem sujar... muito!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. oi!
    não tenho empregada, pois está além do meu salário, e acho que nem assim eu andaria com as unhas arrumadas
    mas vi o que minha mãe passou com as dela, hoje ela tira os óculos e limpa a casa, pois quando põe os óculos, enxerga muito mais a sujeira
    na minha opinião, quem não gostar que vá fazer, embora o marido e filho podem sair ainda mais caro, em custo de material de limpeza e energia elétrica
    acho que os bilhetes devem dar certo, não fica aquela coisa de "mas eu entendi que a senhora disse"
    eu não disse nada, tá escrito ali
    e faça um cardápio semanal pra ela
    no final da história, minha mãe achou melhor uma pessoa que nem limpasse tão bem, mas pelo menos não roubasse nem complicasse mais depois que saísse
    de qualquer forma, boa sorte
    Adriana

    ResponderExcluir
  3. Oi lindissima....

    Estou com o problema bem parecido....eu preciso de uma ajudante e não de uma petulante,quero dividir as tarefas,não faze-las todas e pagar o preço.Quero um pessoa que queira e precise ganhar seu dinheirinho com seu trabalho precioso para mim,não uma pessoa que me olhe de cima para baixo e me diz com os mesmos olhos que e tão boa quanto eu....em que?.
    Posso e vou sujar as mãos que nasceram para serem usadas,limpando,lavando e passando,mas sem nenhuma mulher que não aceita estar no papel de ajudante,secretaria e amiga por pura falta de humildade.Prefiro ficar só.
    Deusa
    vasinhos coloridos

    ResponderExcluir
  4. Oi Elba. Nunca tive empregada e sim faxineira. Acho mil vezes melhor! E ao mesmo tempo fui ensinando, desde que casei, ao meu marido que a cama não se faz sozinha, que a louça não se lava sozinha, etc. e aí quando meu filho nasceu, meu marido estava tão treinado e entendendo que estávamos economizando tanto não tendo a "secretária" diariamente, que ele foi incorporando suas tarefas na casa e também fomos ensinando meu filho. Morei nos EUA e lá as famílias são responsáveis pela casa e não uma outra pessoa, de fora, sabe-se lá quem é...
    No Brasil, ter empregada é chique...eu não acho. se um dia eu precisar de uma empregada é sinal de que preciso morar numa casa bem menor ou apartamento. Pego comida fora de vez em quando em lugares confiáveis, cozinho a mais e congelo, e assim vai...Só que maridos e filhos precisam ser sempre lembrados de suas obrigações pois homens tem a memória curta. rsrsrsrs.
    Que tal?
    Abraço,
    Ana.

    ResponderExcluir
  5. aii...fiz um senhor desabafo sobre a minha "ajudante" e qdo fui te enviar; falhou!!! snifffffffffffffffffffffffffffffff

    ResponderExcluir
  6. Oi linda

    Acho que tem algo errado com este formulario de comentarios as vezes......Quando voçê sofreu o assalto e contou aqui eu deixei o primeiro comentario e nada apareceu...ontem eu comentei novamente e fechei...e nada aparece.
    Beijim
    Deusa
    vasinhos coloridos

    ResponderExcluir

É sempre muito bom receber sua visita.
Se quiser deixar um recadinho, ficarei feliz.
Volte outras vezes.
Beijo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...