domingo, 16 de janeiro de 2011

Pintinho "amalelinho" branco

  
O que uma vó não faz? Nada. Ela faz TUDO!
Camila me pediu (juro!!) pra fazer um "pintinho amalelinho" igual a esse aí do travesseirinho dela.
Fui lá, desenhei em tamanho maior, fiz um molde e recortei no feltro.
Pronto! O "pintinho amalelinho" ficou quase idêntico ao do travesseirinho.
E ela dormiu com ele e ninguém podia tirar de perto.

Oremos para que esta seja uma semana mais leve para todos nós.
A que passou foi muito, muito,muito difícil. Ainda dói, mas a gente tenta pensar que tudo vai melhorar. Aí toca a fazer pintinhos, crochezinhos, coisinhas de papel (depois mostro tudo), trabalha que nem doida, lê feito maluca, mas não esquece um minuto sequer do sofrimento das pessoas ali naquelas cidades tão perto de nós. E a gente faz o que é possível: junta roupas, calçados, compra alimentos e envia pra eles. Infelizmente é só o que podemos fazer...

Beijinhos!


5 comentários:

  1. ptaszek jest super!
    niech Bóg będzie z wami, modlę się również o Brazylię
    pozdrawiam z Polski
    Kasia

    ResponderExcluir
  2. oiElba- olha quantacratividade da neta e da vó que nã tem cara enhuma de vó)
    e ficou perfeito- e charmoso
    e quant as chuvas - estou vendo o tele jornal - vai chover muito forte aqui em Mins,~soa paulo e rio -
    só espero que esta tragédia toda sirva de alerta - estão mexendo demais com a natureza- ela está mandando avisos - e eu infelizmente acho que só o começo -
    bj
    lu

    ResponderExcluir
  3. Mui fofo Elba!!!!

    É netos são riquezas!!!!

    bjks

    Sonia

    ResponderExcluir
  4. Estamos assim por aqui também, Elba: trabalhando, juntanndo, ajudando e orando.
    O pintinho amarelinho branquinho ficou lindo de viver!!!!!
    Posso "roubar" a ideia e fazer para meu netinho também?
    Mil beijos e uma ótima semana para você.

    ResponderExcluir
  5. Those who possession of to the official faiths call that the expert of their reliance rests on expos‚, and that pronouncement is given in the pages of books and accounts of miracles and wonders whose features is supernatural. But those of us who have long discarded the belief in the mysterious quiescent are in the attendance of revelations which are the base of faith. We too partake of our revealed religion. We have looked upon the clock of men and women that can be to us the symbols of that which is holy. We prepare heard words of divine shrewdness and facts in fact oral in the human voice. In sight of the quarter there have hit to us these sagacity which, when accepted, donate to us revelations, not of unexplainable religion, but of a natural and inevitable credence in the incorporeal powers that animated and labour in the center of [a person's] being.

    ResponderExcluir

É sempre muito bom receber sua visita.
Se quiser deixar um recadinho, ficarei feliz.
Volte outras vezes.
Beijo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...