sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Meu tutorial de como usar papel transfer

Faz tempo que estou querendo começar a fazer umas coisinhas com papel transfer e agora chegou a hora. Semana que vem é aniversário de Camila e resolvi fazer uns miminhos pra ela distribuir com os convidadinhos dela. 
Ai começa a minha saga com o papel transfer.
Até que coloquei ele direitinho na impressora, mas confesso que depois até imprimi uma outra coisa num cantinho do papel pra ter certeza de que eu não tinha errado o lado da impressão...
 
 ...porque como você pode ver abaixo, a primeira tentativa foi um fracasso total.
O lado certo para imprimir é aquele que NÃO tem a marca do papel, feito uma marca d'água, viu? Só pra ficar registrado...rs. Assim como eu não tinha certeza, pode ser que tenha alguém por aí que também não tenha...
Olha isso, gente!!!  Agora sei que tenho que deixar o ferro muito mais tempo sobre o papel, do que deixei nessa primeira tentativa. Eu pensava que era só passar o ferro algumas vezes e pronto, lá estaria a imagem transferida pro tecido, toda bonita. Que nada!

Aí fiz outra tentativa...
E melhorou. Nessa, eu deixei o ferro por mais tempo sobre o papel transfer, que estava sobre o tecido.
Foi na terceira tentativa que eu tive a idéia de colocar uma folha de papel A4 entre o ferro e o papel transfer com o objetivo de não deixar amarelar o tecido, que é branco. E foi aí que eu "descobri a pólvora" do uso do papel transfer: o ferro tem que ficar por tempo suficiente até que o papel A4 fique amarelo, de tão quente que a temperatura deve chegar para que a imagem transferida fique boa de verdade.
 Mesmo fazendo dessa forma, as imagens que transferi pro tecido não ficaram todas boas. É que na verdade, era uma imagem bastante grande pra uma primeira experiência. Ou pra ser usada com papel transfer e impressora jato de tinta, não sei...
O certo é que consegui o meu objetivo que era ter várias figurinhas dos littles ponies.
Aqui o ferro deveria ter ficado bem mais tempo sobre o papel...
Quando terminar todo o processo,  não deixe o papel esfriar porque senão você corre o risco de perder todo seu trabalho. Ele deve ser retirado ainda quente de sobre o tecido.

Espero ter ajudado e se quiser saber mais aqui, no Banana Craft, tem um ótimo tutorial. 

(Minha máquina fotográfica resolveu que não quer mais fotografar de pertinho e as fotos ficaram bem ruins, desculpe. Prometo resolver isso, logo.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É sempre muito bom receber sua visita.
Se quiser deixar um recadinho, ficarei feliz.
Volte outras vezes.
Beijo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...